EcoMar e FIPERJ reúnem-se para organizar as oficinas em 2023!

Duque de Caxias 02 – 02 – 2023

Os coordenadores do projeto “Economia do Mar na Baía de Guanabara”, EcoMar, participaram de uma reunião uma reunião na quarta-feira, 01/02, na sede da FIPERJ com a equipe técnica Luiz Salgado e Filipe Soares, para definir a data dos cursos de Boas Práticas e Beneficiamento de Pescado e de Aquicultura voltada aos pescadores artesanais de Duque de Caxias e membros da Rede Nós da Guanabara. Boas novidades serão informadas nas redes sociais da Trama Ecológica.

Siga-nos nas nossas redes sociais!

#tramaecológica #fiperj

Mudanças na Oficina de Carpintaria Naval e Reparos em Embarcações de Pesca

Duque de Caxias 01 – 02 – 2023

Atenção pescadores e pescadoras!

A Oficina de Carpintaria Naval e Reparos em Embarcações de Pesca, ministrada pelo pescador Robson Ferinha, mudou as datas. Ela acontecerá nos dias 13 e 27 de Fevereiro, segundas, das 9h às 15h, no CIEP 350, no Pq das Missões, em Duque de Caxias.

Pescadores de todo o litoral do Estado do Rio de Janeiro poderá se inscrever. Mais informações pelo fone/whatsapp 21 99734-8088. Compartilhe na sua rede!

Projeto PescaTur inicia etapa de gravação para EAD com professores da UniRio e UERJ

Duque de Caxias 30 – 01 – 2023

No dia 25 de Janeiro, a equipe do projeto PescaTur e sua coordenação pedagógica formada pelos professores das áreas de Turismo e Conservação Ambiental da UniRio e da UERJ, reuniram-se para a gravação das videoaulas do curso EAD de Turismo de Base Comunitária, TBC, e Cidadania que serão compartilhados com os pescadores, maricultores e seus familiares dos municípios costeiros da Baía de Guanabara.

O projeto conta com o apoio institucional do Funbio com recursos de medidas compensatórias oriundas de Termo de Ajustamento de Conduta, TAC, do Ministério Público Federal, MPF-RJ. Em fevereiro desse ano, haverá o início das inscrições no município de Niterói para uma turma de 30 cursistas oriundos das comunidades pesqueiras locais, entre pescadores artesanais e maricultores.

Os professores Clara Lemos, da UERJ, Daniel Fonseca e Eloise Botelho Silveira, ambos da UniRio, abordaram temas a respeito do TBC complementado com um rico material didático contendo mapas, gráficos, citações de livros e filmes. Foram apresentadas estratégias para condução do TBC a partir de pesquisa e experiências exitosas e com o protagonismo das populações locais que vivem e conhecem os territórios pesqueiros. Também foram resgatadas nesse conteúdo, questões levantadas pela comunidade pesqueira na realização do Seminário Participativo em Jurujuba, Niterói, em dezembro de 2022.

O PESCATUR é coordenado pela Oscip Trama Ecológica e conta com o apoio técnico do Movimento Baía Viva. A coordenação pedagógica do projeto está a cargo de professores/pesquisadores das universidades públicas UniRio e UERJ.

#PescaTur

Oficinas EcoMar 2023 !

Duque de Caxias 17 – 01 – 2023

Atenção pescadoras, pescadores, catadores de caranguejos e marisqueiras de Duque de Caxias:

O projeto Economia do Mar na Baía de Guanabara, EcoMar, abriu as inscrições para a Oficina de Carpintaria Naval e Reparos em Embarcações de Pesca, ministrada pelo pescador tradicional de Duque de Caxias, o Robson Ferinha. A oficina acontece nos dias 06 e 13 de Fevereiro, segundas, das 9h às 15h, no CIEP 350, Pq das Missões, em Duque de Caxias.

A Oficina de Carpintaria Naval e Reparos em Embarcações de Pesca pretende oferecer conhecimentos de reparos em barcos e a construção de um barco – escola. Mais informações pelo fone: 21 99734-8088

#tramaecológica #oficinasEcoMar #pescatradicional

Muito trabalho em 2023!


Duque de Caxias 10 – 01 -2023

As equipes dos projetos Economia do Mar na Baía de Guanabara e PescaTur – Turismo de Base Comunitária e Cidadania nos municípios costeiros da Baía de Guanabara, reuniram-se na segunda-feira, 9 de Janeiro, na sede da Trama Ecológica para produzir a agenda de ações que serão desenvolvidas ao longo de 2023.

Os projetos EcoMar e PescaTur pretendem trabalhar cada vez mais com as primeiras necessidades sobre a preservação do Meio Ambiente dialogando com a sustentabilidade dos pescadores artesanais que resistem na Baía de Guanabara. Feliz 2023 e fiquem atentos às nossas redes sociais!
#tramaecológica

Mais informações sobre

Projeto EcoMar, clique aqui

Projeto PescaTur, clique aqui

Seminário Pedagógico do Projeto PescaTur – Turismo de Base Comunitária

Duque de Caxias 05 – 01 – 2023

Foi realizado no dia 8 de Dezembro de 2022, em Jurujuba, Niterói, um seminário pedagógico com os professores Clara Carvalho de Lemos, da UERJ, Daniel Fonseca de Andrade e Eloise Silveira Botelho, ambos da UniRio, a equipe técnica do projeto Pescatur e pescadores artesanais do território.

O encontro foi programado para captação de linguagens territoriais e usuais dos pescadores/as para formação do conteúdo didático-pedagógico para a criação das aulas em EAD para os cursistas presentes. Através de oficinas e tarefas com respostas na hora, enviadas via Whatsapp.

O Projeto de Turismo de Base Comunitária, PescaTur, em municípios costeiros da Baía de Guanabara pretende formar o TBC para fomentar o Turismo local nas comunidades pesqueiras do entorno da baía. O seminário foi realizado com recursos do Fundo Brasileiro para Biodiversidade, FUNBIO.

Participaram do seminário a Associação de Pescadores e Amigos da Lagoa de Piratininga, Associação Livre dos Pescadores e Amigos da Praia de Itaipu, a Associação Pescadores da Ilha da Conceição, trabalhadores Associados/as do Mar de Boa Viagem, Associação Livre de Maricultores de Jurujuba, Associação de Pescadores, Aquicultores e Maricultores de Jurujuba e a Associação dos Maricultores e Pescadores Artesanais de Jurujuba.

Projeto PescaTur inaugura o novo telecentro em Tubiacanga

Duque de Caxias, 19 – 12 – 2022


O Subprojeto “PESCATUR – Turismo de Base Comunitária e Cidadania nos municípios pesqueiros da Baía de Guanabara”, coordenado pela Oscip Trama Ecológica, inaugurou no dia 26 de Novembro, o Telecentro na Comunidade Pesqueira de Tubiacanga, Ilha do Governador, em parceria com a Associação de Pescadores Livres de Tubiacanga, APELT. Os equipamentos (5 computadores, impressora e material de escritório, bancada, cadeiras e ponto de Internet) foram adquiridos com recursos de compensação ambiental do TAC Frade firmado entre a empresa PRIO e o Ministério Público Federal, que no dia da inauguração do Telecentro foram entregues em comodato à APELT. O projeto prevê a contratação de um professor de Informática por seis meses.


O Telecentro visa atender a comunidade de Tubiacanga com oficinas e aulas de inclusão digital voltadas às famílias de pescadores/as, seus filhos/as e netos/as. A APELT também pretender utilizar este espaço equipado com computadores para atender as necessidades de recadastramento do Registro da Carteira de Pescador (RGP), reforço escolar, entre outras demandas da comunidade local.

0 segundo podcast Pescou? trata do Defeso!


Duque de Caxias 14 – 12 – 2022

O segundo podcast Pescou? é sobre o Defeso e a proteção que ele proporciona aos trabalhadores do Mar e ao Meio Ambiente. O professor Marcelo Vianna, pesquisador do Departamento de Biologia Marinha da UFRJ e a pescadora Márcia Regina Correa dos Santos, diretora da Associação de caranguejeiros e amigos dos Mangues de Magé, a ACAMM, falam sobre o que é o Defeso, a lei que protege o Meio Ambiente e os direitos dos pescadores para acessar o benefício nesse período. A série de podcasts Pescou? tem como objetivo informar os trabalhadores da Baía de Guanabara sobre seus direitos e o seu território. Os áudios estarão disponíveis nos canais YouTube (https://bityli.com/bEYcK) e Anchor (https://bityli.com/3iUbS)

O podcast Pescou? faz parte do subprojeto de Educação Ambiental “ECONOMIA DO MAR NA BAÍA DE GUANABARA” foi aprovado no edital promovido pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – FUNBIO, sendo uma obrigação de natureza compensatória prevista no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC Frade), celebrado entre a empresa PRIO e o Ministério Público Federal/RJ, com a interveniência da Agência Nacional de Petróleo – ANP e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA.

#tramaecologica

Projeto EcoMar apoia a nova diretoria da Associação Colônia dos Pescadores de Duque de Caxias

Duque de Caxias 13 – 12 – 2022

A casa da Dona Eliane no bairro de Sarapuí, em Duque de Caxias, ficou pequena para a Assembleia Ordinária da Associação da Colônia de Pescadores de Duque de Caxias, realizada na manhã do dia 12 de Dezembro.


Além da Assembleia que aprovou por unanimidade a nova diretoria composta pelo presidente Gilciney Lopes Gomes, a vice presidente Carla da Silva Ribeiro Alves, o secretário Gabriel Antonio do Amaral, o segundo secretário Marcos Antonio Morais da Rocha, a tesoureira Eliane Morais da Rocha e os representantes do Conselho Fiscal Claudio José de Sales e Edson da Rocha Melo, pescadores e catadores de caranguejos de Duque de Caxias. O encontro contou com a presença da Dra. Thaís Lima, da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, dos integrantes da Ouvidoria Geral da Defensoria Pública do Estado do Rio do Janeiro, da Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro – FIPERJ, da Secretaria Municipal da Assistência Social e Direitos Humanos de Duque de Caxias, da concessionária Águas do Rio, do Departamento de Trânsito do Rio de Janeiro, o Detran RJ, integrantes do Movimento Baía Viva e o prof. José Paulo Azevedo de Recursos Hídricos da Coppe/UFRJ e membro do CBH-BG.


Durante a reunião, onde falaram catadores de caranguejos e pescadores da Baía de Guanabara, foram instaladas três mesas do Núcleo de Tutelas Coletivas da Defensoria Pública do RJ, do Detran RJ e da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos de Duque de Caxias para atender e informar sobre as questões de formalização e acesso dos trabalhadores do Mar e seus familiares aos programas governamentais.


O projeto “ECONOMIA DO MAR NA BAÍA DE GUANABARA”, EcoMar, esteve presente contribuindo na produção do evento e entregou por comodato, o equipamento de informática formado por um computador completo, uma impressora e material de escritório para auxiliar a nova diretoria da Associação da Colônia de Pescadores de Duque de Caxias.

#tramaecologica #direitoshumanos #pescaartesanal #meioambiente

Primeiro Seminário Pedagógico do projeto PescaTur

Duque de Caxias, 06 – 12 – 2022

O projeto Pescatur fará no dia 08/12/2022, o primeiro Seminário pedagógico para formação de conteúdo de aulas em EAD, junto dos cursistas. A intenção dos professores, Eloise, Clara e Daniel, é fazer aulas em EAD/Oficinas com linguagem mais adequada ao universo dos pescadores, marisqueiros/as, como filhos/a e netos/as.

Então na data referida acima, estaremos com os cursistas do projeto começando por Niterói, junto das Associações de moradores de Jurujuba, com Associação de maricultores, Associação de pescadores de Jurujuba, pescadores de Boa Viagem,
Taipu, Rua da Lama, Associação de pescadores do Cais do Chatão e os pescadores da lagoa de Piratininga.

O evento será na Associação de moradores de Jurujuba, Niterói, RJ.

O Projeto Pescatur, feito pela Trama Ecológica, parceria com o Movimento Baía Viva e as Universidades UERJ e UNIRIO, PRIO, Ministério Público Federal com aporte financeiro do FUNBIO.

Projeto visa ajudar os pescadores, maricultores e caranguejeiros como usar redes sociais e ter uma melhor venda do seu pescado. PESCATUR- Subprojeto de Educação Ambiental ”Turismo de Base Comunitária e capacitação/qualificação profissional de comunidades pesqueiras”

#tramaecologica #convite #seminario #projetossociais #pescadores #maricultores #caranguejeiros